Missão do catequista é fundamental para a Igreja, diz bispo
27/08/2017 - 19h41 em Brasil

Neste domingo, 27, a Igreja no Brasil comemora o Dia do Catequista, celebrado anualmente no último domingo de agosto junto com o dia dedicado ao leigo, no contexto do mês vocacional. 

Em entrevista ao Portal da CNBB, o bispo de Goiás, Dom Eugênio Rixen, comentou a importância da catequese como ensinamento essencial da fé. Dom Rixen foi presidente da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB por dois mandatos é autor de vários livros sobre iniciação à vida cristã.

“De fato, o catequista está a serviço da iniciação à vida cristã de crianças, adolescentes, jovens e adultos. Por isso, ele recebe uma missão da sua comunidade (…) Hoje, mais do que nunca, o catequista precisa ser uma testemunha dos valores do Evangelho, pois se atrai mais pelo exemplo de vida do que por muitas palavras não vividas”, enfatizou o bispo.

Dom Rixen explicou que o primeiro objetivo da catequese é ajudar os catequizandos e crismandos a fazer uma verdadeira experiência de Deus através do anúncio do Querigma, o anúncio inicial sobre o amor de Deus. “Após este primeiro anúncio, começa a catequese propriamente dita que aprofunda o conteúdo da fé, faz entrar na vida dos sacramentos, estuda a moral cristã e leva a uma profunda vida de oração”.

A catequese já é uma praxe na Igreja e remonta à época apostólica. Segundo Dom Rixen, nos séculos III e IV elaborou-se o catecumenato que dava formação sistemática e celebrativa aos que queriam se tornar discípulos de Jesus. Mais tarde, na Idade Média, a fé cristã se encarnou na religiosidade popular; na época moderna, acentuou-se o conhecimento doutrinal da formação religiosa. E desde o século XX, principalmente após o Concílio Vaticano II, fortaleceu-se uma catequese mais bíblica e celebrativa. Nesse sentido, Dom Rixen afirmou que ser catequista é dar continuidade ao ministério da Palavra iniciado por Jesus e transmitida aos apóstolos.

E por ocasião do Dia do Catequista, a Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB lançou uma mensagem a todos os catequistas. O texto é assinado pelo arcebispo de Curitiba e presidente da Comissão, Dom José Antônio Peruzzo. Unindo-se à voz da CNBB, Dom Rixen parabenizou esses evangelizadores que com entusiasmo iniciam crianças, jovens e adultos no caminho de Jesus.

“É uma missão fundamental para a Igreja. Gostaria, no entanto, que os padres e os bispos valorizassem ainda mais a missão daqueles que exercem este serviço eclesial, apoiando-os através da oração e acompanhando-os nos encontros, valorizando-os nas celebrações e ajudando-os fornecendo materiais de qualidade. Estou em comunhão de oração com os catequistas que se dedicam de corpo e alma à catequese”, finalizou o bispo de Goiás.

Por Canção Nova, com CNBB

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!