Papa Francisco: “Deus é maior do que o nosso pecado”
30/03/2016 - 20h51 em Vaticano

O Papa Francisco encerrou nesta quarta-feira (30) o ciclo de catequese sobre a misericórdia no Antigo Testamento,
meditando sobre o Salmo 51, chamado Miserere.

Na Audiência Geral, o Santo Padre explicou que trata-se de uma oração penitencial precedida de uma confissão de culpa, na qual o orante deixa-se purificar pelo amor de Deus que torna-o uma nova criatura.

A tradição atribui este Salmo ao Rei David que, após ter cometido adultério com Betsabeia, fazendo em modo que o marido desta, Urias, fosse morto, é ajudado pelo profeta Natã a reconhecer a sua culpa diante de Deus.

“Assim, neste Salmo, somos convidados a ter os mesmos sentimentos de David reconhecendo a nossa miséria, certos da misericórdia de Deus, cujo amor é maior que os nossos pecados”, declarou o Papa.

Neste momento da sua catequese o Papa Francisco pediu aos fiéis que repetissem com ele esta frase: “Deus é maior do que o nosso pecado”.

“Deus, que nunca nos abandona, ao perdoar, limpa os nossos pecados, faz de nós novas criaturas e enche-nos de alegria, convidando a que nos tornemos testemunhas do seu perdão”, afirmou Francisco no final da sua catequese.

O Santo Padre saudou também os peregrinos de língua portuguesa:

“De coração saúdo todos os peregrinos de língua portuguesa, particularmente os jovens vindos de Portugal e do Brasil. Neste Ano Santo da Misericórdia, somos chamados a reconhecer que necessitamos do perdão que Deus nos oferece gratuitamente, pois quando somos humildes, o Senhor torna-nos mais fortes e alegres na nossa fé cristã. Desça, generosa, pela intercessão da Virgem Maria, a Bênção de Deus sobre cada um de vós e vossas famílias.”

 

Fonte: Rádio Vaticano

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!